Encontro de Contabilidade da Amazônia Legal é tema principal de reunião de presidentes dos CRCs Centro/Norte

Durante o Dia do Profissional da Contabilidade, comemorado no dia 8 de maio pelo Conselho Regional de Contabilidade de Goiás, aconteceu também um encontro entre os presidentes dos CRCs Centro/Norte.

Na ocasião estiveram presentes representantes das instituições do Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rondônia e Roraima. Além de trocarem experiências de trabalhos que fazem sucesso em cada um dos regionais, o momento foi oportuno também para discutir sobre a realização do VII Encontro de Contabilidade da Amazônia Legal, que será realizado nos dias 24 e 25 de setembro, em Macapá, no Amapá.

O Encontro visa promover a integração de ações de sustentabilidade no contexto sócio ambiental do século XXI. “Nosso objetivo é justamente alertar, tanto os contadores das nossas regiões quanto os governantes sobre a importância da contabilidade dentro do setor ambiental. Existe uma quantidade considerável de desmatamento e explorações minerais que precisamos recuperar”, afirmou o presidente do CRC-AP, Márcio Lélio Nascimento.

De acordo com o presidente do CRC-GO, Elione Cipriano da Silva, o mundo corporativo tem um papel fundamental na garantia de preservação do meio ambiente e na definição da qualidade de vida das comunidades de seus funcionários. “Empresas socialmente responsável geram, sim, valor para quem está próximo. Ainda mais porque sustentabilidade é suprir as necessidades da geração presente sem afetar a habilidade das gerações futuras”, apontou.

Onze estados brasileiros ingressam nesse projeto como Conselhos parceiros do evento. A contabilidade ambiental significa inovar com ações de cunho sócio econômico, em paralelo a consciência ambiental, com práticas que resgatem a qualidade de vida das pessoas e do meio pelo qual vivem. O Encontro de Contabilidade da Amazônia Legal ultrapassa as barreiras do aprimoramento técnico, pois visa também ressaltar a preocupação com a preservação das riquezas ambientais.

O evento acontece a cada dois anos em um dos nove Estados da Amazônia Legal e pretende ressaltar o papel do profissional contábil como o responsável pela “saúde” financeira no assessoramento de questões tributárias, além de outras, bem como das empresas e das pessoas físicas em geral.

A abertura do VII Encontro de Contabilidade da Amazônia Legal se dará um dia após o Equinócio Solar de setembro, momento em que o sol incide com maior intensidade sobre as regiões que estão localizadas próximo à linha do equador. “Um fenômeno que acontece durante todo o dia no Amapá, onde a luz solar vai passar do Hemisfério Sul para o Hemisfério Norte. Nessa data, o dia e a noite tem igual duração, e neste caso, o equinócio marcará o início da primavera”, explicou.

Participaram da reunião os presidentes Elione Cipriano da Silva (GO), Márcio Lélio da Paixão Nascimento (AP), Edna Maria de Oliveira Dinelli (AM), Sebastião Célio (TO), Vilma Fátima Mendes (RO), Silvia Mara Leite Cavalcante (MT), Ruberlei Bulgarelli (MS), Francisco Fernandes (RR), Sandra Maria Batista (DF) e Antônio das Graças Alves Ferreira (MA), e ainda o vice-presidente do CRC-AM, Manoel Carlos de Oliveira Júnior, o diretora do CRC-MT, Elenir Arruda e o diretor de operações da FBC, Luiz Mateus Grim.

Veja fotos clicando aqui

Fonte: Assessoria de Imprensa CRC-GO – Naiara Gonçalves

 

Posted in Notícias.

admin